terça-feira, 15 de setembro de 2009

Vida e Esperança - ADOTADOS!

Hope entrou em trabalho de parto na quarta à noite, dia 09/09


Duas horas e meia depois, nada de bebês nascerem

Então, ela foi levada para uma clínica 24h onde foi feito o atendimento de emergência e cesária

A veterinária responsável pela cirurgia disse que os filhotes estavam bem fraquinhos, demoraram pra estabilizar, ficaram em encubadora até a manhã seguinte

Eram quatro


Tiveram alta na noite seguinte. Fui buscá-los e um dos bebês estava machucado, precisou até levar um pontinho na pele, tinha marcas de dente nele :(

Outro estava com a barriguinha roxa

Vieram pra minha casa e passei quase toda a noite e madrugada com eles, colocando cada um pra mamar, aquecendo, estimulando, cuidando pra Hope não machucá-los


Ela não cuidava deles, parecia não saber o que fazer :(


Quando amanheceu, apenas um mamava com força, os outros nem procuravam mais. Desisti de insistir que mamassem na mãe e passei a alimentá-los com seringa e leite próprio para gatinhos


Aqueci os filhotes, estimulei porque a mãe não os lambia direito, dei glicose mas a melhora parecia ser apenas momentânea


Fiz tudo o que sabia mas vi que não seria suficiente, eles precisavam de mais recursos


Eu não tinha como levá-los de volta à clínica imediatamente então pedi carona pra eles


Lá, ficaram internados "em observação"


Logo depois, liguei pra pedir informações e soube que um filhote havia falecido (o da barriguinha roxa) e já tinha mais um machucado


Então fui atrás de alguma gatinha com leite que pudesse adotá-los


Mas não cheguei a tempo...


Quando acertei tudo e fui buscar os filhotes, outros 2 haviam falecido :(


O quarto filhote, aquele mais fortinho, foi para a mãezinha adotiva

Está mamando e sendo bem cuidado por ela

Ele ganhou dois irmãos adotivos, um pouco maiores que ele

Hope, ao ser ver livre dos filhotes, voltou a ser aquela gatinha meiga e feliz de antes, parecia aliviada...

Tadinha, ela não tem culpa, não entendia o que estava acontecendo


Está se recuperando bem da cirurgia, já foi castrada e está disponível para adoção. Ela merece um lar de verdade, onde seja muito amada!


Life, o filhote, ainda inspira cuidados mas, se Deus quiser, será um gatinho forte e saudável


Torçam por ele!

13 comentários:

Nana disse...

Estou aqui emocionada com tanto amor e dedicação!!
Lindinhos Bjs e boa sorte!!

Tatis Sales disse...

Ô Pati, sinto muito por isso... Nem sempre elas sabem o que fazer mesmo, as vezes são tão novinhas que ficam perdidas... Mas fico feliz em saber que agora ela está bem e que o outro babie tem uma mamãe que pode cuidar direitinho dele. Beijos e parabéns pela lida.

Gabriella disse...

Eu acho que se trata de seleção natural, ela vivendo onde viveu até hj, com tantas dificuldades e passando fome, ñ deve ter achado que seria uma boa que seus filhotes vivessem. A natureza é sabia!
Fico feliz por ela estar bem e bebezinho é lindo e o foto onde ele está enroladinho na nova mãe é lindaaaa demais! Parabéns Patricia!

Sergio e Clau disse...

Ahhhhhh Patrícia, q dó...
Mas amiga, Parabéns pela sua luta incansável, vc é uma guerreira, e guerreiros não desistem jamais!!!
Vc está fazendo a diferença na vida da Hope, e deste bb, que vai vencer, ele é um guerreirinho tb!!!
Coisa mais linda a meiga gatinha ama de leite, lição para nós humanos...
E quanto a Hope, ela ficou sem entender, não se sentiu ligada a eles por causa do trauma da cirurgia, mas se vc não tivesse optado assim ela teria morrido, e todos eles com ela...vc fez td certo amiga...
A Hope é uma boa menina, inexperiente mas boa menina, sei que ela achará um lar que a ame incondicionalmente, que dê a ela td o que lhe foi negado até vc como um anjo aparecer na vida dela...
Parabéns mais uma vez!!!

Ana, Aprendiz de Anjo disse...

Patricia, ainda bem que você é sábia e a natureza mãe. Inexperiencia de mãe jovem e amor de mãe substituta, acho que Deus sabe o que faz e acredito que o bebê será lindo e forte e terá uma família maravilhosa. Beijos, sorte para Hope pois esperança é persistente.

Marianne disse...

Ô judiação! Que dó dos bebezinhos que se foram =[ Mas esse lindinho vai ficar bem sim. Eu tenho uma gatinha que veio para minha casa para mamar em uma gatinha minha que tinha acabado de ter neném, mas ela acabou ficando pra sempre aqui. Mês que vem vai fazer 10 anos! A Bruna é linda, enorme e super saudável. Esse fofo também vai ser =]
Beijos!

Meri disse...

Patrícia,
Sinto muitíssimo, muito mesmo. Espero, de coração, que a Hope e o filhotinho sobrevivente fiquem bem e encontrem um lar seguro e com muito amor. Seu trabalho me comove e me inspira.
Beijos e fica bem.

Dininha disse...

Patricia,
Acompanho seu trabalho e admiro muito o que você faz. Parabéns por tud que fez por esses gatinhos. Hope e Life vão encograr lares que os amem, pode ter certeza.
Abraço
Mel

Karla e Armando disse...

Oi Patrícia... Conheci este blog por um tópico da Gatos no orkut, a partir dai to seguindo sempre. Quero lhe oferecer um selinho, está lá no meu blog. Fique a vontade em publicar ou não viu?

PS: tenho uma gatinha parecidíssima com a Hope. Ela tem até uma historia triste que acabou bem (está publicada no post no meu blog). Espero que a da Hope tenha um final feliz tbm.

Um beijo.
Karla

Maira disse...

Tadinho desse pequenininho,estou torcendo por ele!
A Hope é linda, tadinha, a reação dela é de quem não estava entendendo nada mesmo.
Estou torcendo por eles!
bjs.

Carol Viana disse...

Nossa!! Fiquei emocionada! Espero do fundo do coração que todosfiquem bem...a Hope e o Life.
Torço pra que esta história tenha um final feliz.
Parabéns pelo lindo trabalho que faz....estou sempre de olho!! Bjs no coração.

Angelique disse...

O mundo animal nos surpreeende a cada dia...Uma estória tristes para os bebês, talvez a mãe já sábia por natureza, não dedicou atenção maior pois sabia q o destino deles era este. Tenhoc erteza que a gata-mãe sabia o que estava fazendo... Eu já passei por exemplos iguais aqui em casa. Beijos. Logo, logo, chegará a vocês doação através de produtos adquiridos pela Paula Guima Artesanatos.

Ananda disse...

Poxa, que história sofrida, mas terá um final feliz para Hope e seu bebê!
Parabéns pelo lindo trabalho, estou seguindo o blog.
Beijos.