quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Bebê frajolinha

Cinco dias depois, bebê frajolinha não tem mais febre, come feito um leãozinho e até ensaia umas corridinhas :)

Ele está mais firme pra andar apesar da perna machucada continuar sem nenhum movimento, ele realmente não sente essa perna :(

Na segunda, como o inchaço havia diminuído, foi possível examinar melhor e a veterinária achou que a perna poderia estar "solta" (com o fêmur fora do lugar)

Fizemos duas radiografias mas, infelizmente, ele tem uma fratura mesmo

A cabeça do fêmur está encaixadinha no acetábulo mas separada do restante do fêmur


É possível corrigir com cirurgia mas só vale a pena se ele recuperar o movimento da perna

Caso ele não recupere a sensibilidade dessa perninha, a recomendação é amputar

Conversei com uma veterinária especialista em acupuntura. Ela viu a radiografia e acredita que, se o nervo não estiver seccionado, é possível recuperá-lo. Ao menos parcialmente

Então resolvi tentar

Hoje ele fez a primeira seção de acupuntura


Como sempre, se comportou como um anjinho :)


E ainda dormiu nas mãos da veterinária


Não é um fofo? :)

5 comentários:

Nana disse...

Pat:
Que coisa mais lindinha!!!
Espero que recupere pelo menos um pouco dos movimentos/sensibilidade!!
Bjs

Adrina disse...

Estou impressionada! Nunca pensei que um gato ficasse tão calminho em uma sessão de acumpuntura!

Anônimo disse...

É melhor ouvir uma segunda opinião antes de amputar. O boxer da minha cunhada tinha uma ferida na pata que uma veterinária afirmou ser cancer e que anputaria no mínimo o dedo. Ela o levou ao veterinário dos meus bichinhos (o Edson) e nem cancer era, conforme o exame citopatológico.

Gloria

Gabriella disse...

Ohhhh que coisinha lindaaaa!
Estou torcendo mtooo por ele, mto mesmo.
Bjos.
Gabriella

Veronica Gregório disse...

Patricia, é a Veronica das doações dos remédios, eu estou acompanhando a história desse gatinho e tenho uma sugestão de nome: Buda. Pois apesar de todo o sofrimento, ele consegue se manter calmo.
Beijos