quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

O grande gato branco

Segunda, oito da noite, toca o telefone:

"um gato do cemitério foi atropelado"

Começa a corrida contra o tempo pra conseguir informações e ajudar o gato

Foi dito que ele estava com a cabeça torta, extremamente magro e com dor. Ninguém viu o que aconteceu, ele foi encontrado caído na frente do cemitério.

Mais tarde, fiquei sabendo que ele estava lá desde as 10h da manhã!

Um taxi-dog, que foi acionado antes de me ligarem, levou o gato para uma clínica onde fizeram raio-x (de torax) e hemograma. Disseram que ele estava anêmico, com forte infecção, desidratado

E liberaram o gato...

Então pedi à dra. E. que fosse até lá para vê-lo.

Meia-noite e meia, dra. E chega na casa da cuidadora que alimenta os gatos no período da noite.

Constatações: Anemia grave (hct 19), desidratação, muita dor na região da cabeça, sem fratura ou abcesso visível. Não parece ter sido atropelamento, não foi descartada a possibilidade de ter recebido um chute na cabeça

Veja como a pele não volta ao normal após ser puxada


Suspeita inicial quanto à anemia: Micoplasma (antigamente chamado de Haemobartonella)

Foi medicado pra dor e iniciamos o tratamento com antibiótico.

No dia seguinte, como não consegui carona pra ele, pedi a uma voluntária que fosse de táxi buscar o gato e levar para fazer raio-x. Dessa vez do crânio.

Felizmente, nenhuma fratura foi constatada

A essa altura, a cabeça já não está mais tão torta e ele parece sentir menos dor.

Depois do trabalho fui até o lar temporário conhecê-lo e vi um gato imenso e muito magro, mas parece não ter sido sempre assim porque tem muita pele sobrando

unhas curtinhas, como se tivessem sido cortadas recentemente

marca de coleira no pescoço

manchas coloridas no corpo

partes de pêlo raspado/cortado

parece um gato jovem

Aparentemente castrado (ou com testículos internos)


Tivemos que mudar a medicação inicial para injetável porque ele vomitava tudo o que ingeria

Não come sozinho, é preciso alimentá-lo com seringa

Mas ele aceita a ração com facilidade, não é preciso forçar

O estado dele é grave, talvez precise de uma transfusão de sangue. Faremos, quando possível, novos exames

Mas dois dias depois, ele já está menos desidratado e com o olhar mais vivo

Se alguém quiser ajudá-lo, ele precisa das rações A/D ou Recovery

Agradecimento especial à dra. E. que foi de madrugada atender o gato

14 comentários:

V. disse...

Belíssimo trabalho. Continuem a ajudar os bichanos. =^^=

Livia Luzete disse...

Que bom que vocês EXISTE!!!!
Que São Frqancisco, o padroeiro dos bichinhos os abençôem sempre!!!

Veronica Gregório disse...

Patricia!
Ainda bem que você existe! Que horror, não sei o que houve, mas esse gato deve estar sofrendo horrores!!
Não posso ajudar muito no momento,mas espero que ele fique bem. Vamos orar por São Francisco!

GRAÇA disse...

patricia ! cada vez que te venho fazer uma visita fico muito revoltada ..como são capazes de abandonar um amiguinho tão lindo
Estou a promover no meu blog uma blogagem colectiva dia 24 ,o fim é pedir ajuda para os abrigos de animais abandonados,estou a ficar muito contente pois tenho tido muitas pessoas a aderirem de de muitos paises
Como está a Agela?
Ronrons e que Deus as protejam

Kika

Karina disse...

Puxa... vou torcer muito por ele! Parabéns pelo lindo trabalho!

Andréia disse...

Aparentemente esse gatão tinha um dono...ou ele fugiu e o dono está a sua procura ou foi abandonado por não estar com boa saúde...existem pessoas que abandonam animais doente para não ter despesa com o tratamento...simplimente um crime!!!!

Maris disse...

Patricia, boa tarde. Meudeus, eu acessei o blog só agora... As imagens e notícias do Rio estão me deixando meio pra baixo. Desliguei um pouco da internet. Uma das minhas resgatinhas tá com pedras na bexiga. Vou fazer um ultrassom amanhã! Me passa os dados da conta pra fazer um depósito pra ajudar além da transferencia do mês? Era da CEF, não? Não tô encontrando nas msgs... Costumo fazer pelo pagseguro, mas esse tem q ser por fora!

Anônimo disse...

Patricia, onde se pode entregar a ração que você está pedindo? Tem algum endereço?
Kathia

Patrícia disse...

Kathia,

Me manda e-mail que passo o endereço para entrega

Obrigada!

Anônimo disse...

Parabens a todos os envolvidos pelo belo trabalho. dignidade para os bichanos que nos dão tanto carinho. queria um contato para ajudar!!!!

alekinh@ disse...

Parabens a todos os envolvidos pelo belo trabalho. dignidade para os bichanos que nos dão tanto carinho. queria um contato para ajudar!!!!

Janaina disse...

Ao que tudo indica, esse gatão tinha dono mesmo! Me arrisco até a dizer que ele fugiu de casa e não conseguiu se virar sozinho. Acho que seria uma boa espalhar uns cartazes de "encontrado" para ver se alguém se manifesta. Beijos e parabéns pelo trabalho!

Vanessa Caracelli disse...

Como posso fazer p/ ajudar vcs? Estou em SP... meu e-mail: capricorniana_fiel@hotmail.com
[]'s, Vanessa.

ariane sanches disse...

tão lindo,lembra tanto meu falecido cururu...espero que ele lute por sua vida e tenha um destino maravilhoso..