sexta-feira, 10 de junho de 2011

Branco procura um lar novamente - DOAÇÃO SUSPENSA!

 Doação suspensa!

 Depois de novas tentativas, Branco começa a aceitar a convivência com o cachorro

Talvez nunca fiquem amigos. Mas se ele tolerar a presença do colega, sem atacar como fez antes, poderão conviver em paz, sem risco para nenhum deles

Vamos torcer? :)

Infelizmente, a adoção não deu certo

Branco se adaptou rapidamente à casa e aos gatos

Mas odiou o cachorrinho :(


Como não temos nenhum histórico dele, não sabíamos que seria impossível adaptá-lo a um cão

 Branco está novamente disponível para adoção

Apenas para apartamento telado ou casa igualmente segura, em São Paulo, ABC ou Santos

12 comentários:

Livia Luzete disse...

Deus escreve certo por linhas tortas.

Que bom que logo se viu que nao dava a adaptação. Torço que o Branco logo tenha seu lar para verdadeiro.

Repositório disse...

Ai tadinho Patrícia!!!
Eu estou aqui torcendo muito para ele achar um lar legal e amoroso... e definitivo né?
Abraço forte

Angela disse...

Que chato... se tem uma coisa que me deixa fula da vida é esse negócio de devolução. Não tinha como dar mais um tempo para adaptação? Ele foi adotado não faz nem um mês.

Marta disse...

uma pena mesmo. Será que não dava pra ver se ele se acostumava?
Agora mais um gatinho que pra muita gente será considerando "velho" para adoção (como os outros 8 que estão aguardando adoção).

Ana, Aprendiz de Anjo disse...

Todo gato tem uma alma gêmea, aqui fica a torcida para a do Branco aparecer em breve. Pat, te amadoramos. Bjs

Syl Tambeiro disse...

oiii,
vi a estória dele no orkut....
Eu quero ele!!! me madna um email!!!
aniellee@hotmail.com
bjusssss

Danielle disse...

Se depender da minha torcida, o Branco já está no seu lindo lar e até dorme abraçado no cachorro! :D hehehehe
Tenho certeza que ele vai conseguir e será muito feliz!!!

Maris disse...

Tomara mesmo que essa segunda chance dê certo. Se meus velhinhos não fossem tão ranzinzas e o cachorro tããããão estressado, eu já teria ido buscar esse brancão, Patricia. Beijinho e fico na torcida. Se precisar de ajuda a mais ($$$) me fala, ok?

Heidi disse...

Meu Garfield de 12 anos também bateu algumas vezes em sua irmã canina, mas só no começo, ela adora gatos, hj não brigam e convivem em paz, não rola beijos e abraços, mas tá tudo bem!

Nikita disse...

Será que com paciência e mais tempo ele não se adaptaria??...mas, enfim, Deus sabe o que faz.

Beijos, Néia

Livia Luzete disse...

Patrícia, e aí como está a adaptação do Branco?

Patrícia disse...

Livia,

As coisas estão indo bem, graças a Deus!

Branco não gosta mesmo de cães mas está aprendendo a conviver sem atacar :)