terça-feira, 18 de junho de 2013

Neco

Ao longo desses 4 anos e meio, algumas histórias se repetem com uma certa frequência

Nem todas têm um final feliz

Neco era muito dócil, não tinha medo das pessoas, gostava de receber agrados


Foi castrado mas voltou para o cemitério, apesar de dócil, porque não consigo lares para todos

Ele foi uma das vítimas do envenenamento que ocorreu no início desse mês

Gostaria de acreditar que um dia isso vai deixar de acontecer. Que um dia todos terão um lar e não correrão riscos na rua

Infelizmente não consigo

Mesmo entre os que dizem gostar de gatos, o preconceito com gatos adultos é muito grande

Basta crescerem um pouquinho e fica muito difícil doá-los

...

Neco, espero que possa me perdoar por não ter encontrado um lar pra você



6 comentários:

Karina disse...

Tenho certeza que o Neco agora é uma linda estrelinha no céu dos gatinhos. Fique bem!
Beijos

Anônimo disse...

O Neco com certeza está bem. E nós, que amamos os animais, não podemos desistir. E devemos acreditar que, mesmo que consideremos pouco, o que fazemos por eles é muito importante. E um dia isto tudo vai mudar. Você esta fazendo a sua parte. Beijos, Vera Alice

Anônimo disse...

É muito triste que isso ainda aconteça, apesar de já ser crime, mas como punir quem fez isso? Não é você que deve pedir perdão para o Neco. Mas a pessoa que fez isso. O Neco pode até perdoa-la, mas ela terá que pagar por isso algum dia.
Abraços
Kathia

Suzana Tamassia disse...

A dor nas suas palavras é palpável, patrícia. Sinto muito...O que me consola é com certeza o Neco está um lugar bonito, onde não existem pessoas horríveis capazes de tamanha maldade...
é uma pena que as pessoas tenham esse pensamento pobre sobre gatinhos adultos. Se soubessem o quanto são adoráveis...mas é difícil fazê-las entender.
Saiba que sou sua admiradora e apesar da distância física que me impede de fazer mais, sempre estou disposta a ajudar nas rifas, nas rações, etc
bjos

Karina disse...

Patrícia,
Quem fez isso com ele terá que acertar as contas um dia...
E o Neco, apesar de não ter tido uma vida boa, teve o seu carinho nas vezes em que se encontraram. Isso conta muito!!!
Fique bem :)
Bjo

Ana Oliveira disse...

Não sei como alguém pode se considerar humano e racional e ser capaz de envenenar um ser vivo incapaz de se defender. Nessas horas tenho vergonha de pertencer a essa espécie. Pat, você é especial e o Neco sabia. Beijos, que Deus um dia nos ilumine e nos faça entender que todos temos o dever de cuidar dos que sozinhos não podem. Deus te abençoe