segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Anjinho

Nem sempre a gente vence. E cada batalha perdida é sempre muito sofrida 

 Esse pequeno foi encontrado num buraco, na parede do cemitério

Muito desnutrido e desidratado, foi medicado e alimentado


Mas, poucos dias depois, partiu

Eu lamento que ele tenha tido que nascer pra isso...

Descanse em paz, Anjinho

4 comentários:

Anônimo disse...

Cada batalha perdida é sempre muito sofrida mesmo. Pois cada gato que se vai leva um pedaço do nosso coração com ele. Mas cada gato que se consegue salvar deixa conosco um pedacinho de seu coração. Isso nos fortalece e anima a continuar na batalha. E assim, quem sabe, um dia todo o nosso coração será feito de pedacinhos de corações felinos.
Um abraço
Kathia

Ana Oliveira disse...

Pat, pense em quantos você salvou e console seu coração. Bjs você sabe o quanto lhe admiro.

Lórien disse...

Meus sentimentos pelo anjinho e por vocês!

Anônimo disse...

Mesmo perdido, sua missão foi cumprida. Com vcs ele soube o que era o amor. Fiquem c Deus.